CNH-e

CNH Digital começa a valer a partir de fevereiro – Veja como é

A CNH Digital (CNH-e) estará disponíveis em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal a partir do dia 1º de fevereiro. Também será possível apresentar a versão online do documento, através do celular no lugar da carteira de habilitação tradicional.  O serviço funciona por meio de um aplicativo gratuito, que pode ser baixado pela Google Play Store e pela App Store.

A CNH-e só pode ser gerada para quem tem a última versão da CNH impressa, que conta com um QR Code na parte interna. O código está disponível nos documentos de habilitação emitidos a partir de 02 de maio de 2017.

versão impressa continuará sendo emitida normalmente, mas o condutor poderá dirigir apenas com a CNH-e. Nesse caso, deverá atentar para o funcionamento de seu smartphone, já que, para efeitos de fiscalização, se o aparelho estiver descarregado, será considerado que a CNH não está sendo portada. O condutor será autuado com base no artigo 232 (conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório), uma infração leve que prevê multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento.