Dicas Tabela FIPE

Manutenção básica dos faróis: saiba tudo.

Os faróis são componentes essenciais para que você possa dirigir com cuidado e segurança. Em rodovias ou lugares escuros é imprescindível, o uso dos faróis acesos para que você possa enxergar sem maiores complicações. Com o constante uso, os faróis podem perder a regulagem ou até deixarem de se acender. Nestes casos, o melhor é você procurar por um especialista e pedir uma ajudinha na hora da manutenção.

A primeira coisa que você deve fazer é verificar o alinhamento dos faróis. Para isso, ligue os faróis e vá até a frente do veículo, permanecendo uma pequena distância de dois a três metros. Tente identificar se os alinhamentos dos faróis estão corretos, isso porque, o desalinhamento dos faróis pode fazer com que eles não iluminem de forma correta.

Verifique se as lentes dos faróis estão limpas. As sujeiras e os detritos podem acumular-se sob a superfície das lentes reduzindo a qualidade da luminosidade. Se você não sabe como garantir que as lentes dos faróis estejam limpas, faça essas etapas.

Pegue uma fita adesiva e contorne a região das lentes dos faróis a fim de evitar que risque a tinta do carro. Utilizando o sabão para carros, limpe as lentes e remova toda a sujeira. Partes que estejam muito amareladas podem ser ação do tempo e você vai saber se precisará de um reparo.

Com uma lixa específica que você pode encontrar em qualquer loja especializada, você vai lixar a lente numa única direção. Depois, com um pano de microfibra, você limpar a região lixada. Passe a cera de vedação sobre a lente e deixe secar por alguns minutos, aí então, você vai continuar o polimento até as lentes ficarem transparentes.

O procedimento para a substituição dos faróis deve ser feito somente se você souber como fazê-lo, pois você pode se machucar. Se bem que o processo é bastante simples. Para a maioria das vezes, um alicate e um par de luvas látex são as únicas ferramentas que você vai precisar.

Abra o capô e verifique o local do bulbo onde se faz o conector, então remova a lâmpada defeituosa e realize a substituição. Ao trocar a lâmpada, limpe o retentor da mesma, isso vai favorecer a durabilidade.

Outros problemas podem ainda acontecer, como por exemplo, lentes de faróis rachadas. Uma solução simples pode ser soluções de reparação liquida, que na verdade, não tornará as rachaduras invisíveis, mas impede que entre sujeira, pó e água. A carcaça do farol inclui, geralmente, as luzes de estacionamento. Se precisar trocá-la, remova o conector da mesma forma como explicado sobre a substituição da lâmpada.

Sempre que os faróis forem substituídos, o alinhamento deve ser feito por um mecânico qualificado. Normalmente, os faróis vêm acompanhados de uma bolha para que seja feita um ajuste. Esse tipo de recurso facilita o ajuste e o alinhamento dos faróis, mesmo que você não tenha tanta prática. No entanto, é importante que você esteja em um local plano e nivelado.

Ao reparar ou substituir os faróis, tome cuidado com equipamentos quentes ou afiados. Não faça algo se você não souber como proceder, porque, além de você colocar sua segurança em risco, você pode prejudicar o desempenho dos faróis do seu carro. É bastante comum que somente um dos faróis apresente problemas, para se precaver, o ideal é você verificar os dois lados e evitar multas, já que pode ser apenas um problema de potência ou regulagem.

O uso dos faróis é essencial, principalmente, em climas de neblinas, chuvas ou a noite. Por isso, não pode dar bobeira e qualquer problema, procure o seu mecânico de confiança. Gostou das dicas? Agora você sabe o que fazer.